RSS

Os Gêneros literários da Bíblia

18 abr

“O Verbo” – n° 188 – 2ª quinzena de Sembro 2004

Denomina-se “Gênero Literário” o conjunto de regras e elementos comuns a diversos textos, caracterizando e constituindo, assim, um tipo, um grupo, um conjunto. Sabemos que a mesma realidade pode ser narrada de várias maneiras. Um único fato pode ser transmitido de diferentes modos, dependendo da intenção de quem o transmite. Uma é a preocupação do jornalista, outra a de um teólogo, a de um filósofo ou a de um poeta. Assim sendo, o mesmo tema ou acontecimento ganhará, na pena de cada um deles, uma conotação ou abordagem distinta. O mesmo ocorre na Bíblia: “na Escritura as coisas divinas nos são apresentadas ao modo usual, humano” (Sto. Tomás de Aquino). A “mensagem que Deus transmite à humanidade é única, todavia, a Bíblia é uma verdadeira biblioteca, absolutamente assistemática, dos mais diversos escritos. Eles são, também quanto aos gêneros, muito diversificados” (N. Lohfink). 

 Desde o início do século passado, a questão dos gêneros literários da Bíblia vem se desenvolvendo. Entretanto, devido à sua complexidade, não se pode afirmar absolutamente, nem sequer quanto à conceituação, que as discussões se encerraram. Muitos estudiosos, como W. Richter, apontam enfaticamente as imprecisões que ainda persistem no conceito de gênero literário, aconselhando muita prudência quanto à sua aplicação. Contudo, a Igreja insiste que a procura do sentido literal da Escritura é uma tarefa essencial do exegeta (estudioso dos originais da Bíblia) e, para cumpri-la, é necessário determinar o gênero literário dos textos (cf. Dei Verbum, 12; A Interpretação da Bíblia na Igreja, I, A, 4).

A grande dificuldade consiste em se captar os gêneros literários da Bíblia a partir da compreensão européia de literatura (A. Läpple). Ora, “o que os orientais antigos pretenderam expressar com suas palavras não se pode determinar simplesmente pelas meras regras gramaticais ou filológicas, ou só a partir do contexto; o exegeta precisa, por assim dizer, retornar em espírito àquelas longínquas épocas do Oriente e, com o auxílio da História, da Arqueologia e outras ciências, determinar com exatidão quais gêneros literários os escritores daquelas prístinas eras quiseram usar e de fato usaram. Pois os orientais antigos nem sempre se servem, para exprimir seus pensamentos, das mesmas formas e modos que nós, mas sim dos que eram usuais entre os homens do seu tempo e da sua terra” (PIO XII, Divíno Afflante Spiritu, 3). Continua no próximo número.

 Pde Lucas

 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em abril 18, 2008 em Biblia, Estudo Biblico

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: